arquivo

Gordices

Hoje o dia não foi dos melhores. Tenho tanta coisa para fazer e planejar, mas voltei com a minha velha mania de deixar tudo para amanhã (bem que eu queria “deixar pra lá”, mas não posso). De tempos em tempos, essa onda de péssima energia e preguiça crônica me afeta. Acho que deve ser normal, mas irrita. Eu não tenho tanta disciplina, nem muita força de vontade, sabem? Estamos no final de Março, quase, e eu só vi uns 4 filmes e li só 1 livro esse ano. Me sinto péssima por causa disso, mas não tenho vontade, not at all. Também não tenho muitas coisas para contar apenas que tenho um novo bolo favorito da tia Ângela e, pasmem, ele é de limão! Os bolos de chocolate da tia sempre foram os meus favoritos, daí veio um de chocolate branco com coco, e agora esse de mousse de limão, com chocolate branco e suspiro. Cheguei em casa, e após uma sopa de legumes, para esquentar um pouquinho, porque sim, eu sofro com temperaturas abaixo dos 20 graus, comi um pedaço do bolo que sobrou da festa de domingo e percebi que a vida tem seus dias ruins assim, mas que não duram o tempo todo.

bolo

Anúncios

Sei lá, parece que a Lanchonete da Cidade está sendo o meu reduto de gordices ultimamente. O mais engraçado de tudo é que não estou indo lá para comer os hamburgueres, estou indo mais pelas batatinhas fritas e os milk shakes! Noms.

Ando com uma vontade louca de tomar milk shake. Das últimas vezes que fui para lá pedi um milk shake de gianduía e o de ovomaltine batido. Eu prefiro o de gianduía, quem não ama gianduía? <3

Falei em um monte de lugar que estou em crise com as minhas fotos. Nesse sábado, saí com as meninas para ir até o evento da Adote Um Gatinho, na Wonder, e as únicas fotos que fiz foram na lanchonete. Sei lá o que acontece comigo que às vezes me bate um desânimo tão grande, e eu não tenho vontade de fotografar nada, entretanto, quando estava na lanchonete eu comecei a brincar muito com a câmera e fiquei meio puta comigo porque não fiz isso antes. Loucurinhas de Natália, vai entender.

Assim, não é que eu goste das coisas “pseudo”, mas é que não ficou com o formato de um croissant, porém, a crocância da massa folhada é igualzinha a de um.

Como eu sou preguiçosa, não fiz a massa (e eu trabalho numa fábrica de congelados desse tipo, croissant, folhados, pão de batata, etc). A nossa massa é fermentada, o que aqui, no caso, não é preciso porque eu não quero que o ~pseudo croissant~ cresça.

Há um tempo, eu comprei uma massa folhada no supermercado, porque queria  fazer uma torta, mas…bem…não fiz. A massa já estava pra vencer, então eu vi essa receita e resolvi adaptar. Haha

Ingredientes:

– massa folhada pronta
– bananas cortadas na metade
– nutella

Modo de preparo:

Descongele a massa folhada como indicado no pacote (a minha levou cerca de 2h em temperatura ambiente). Corte ela em pequenas tiras (a minha deu cerca de 10 tirinhas e varia de acordo com o tamanho que você quer). Abra a tira da massa com um rolo de macarrão (eu usei uma garrafa de cerveja, porque né, não tenho rolo de macarrão ainda), passe uma camada generosa de nutella, coloque a metade da banana no comecinho da massa, passe outra camada de nutella na banana e enrole na massa folhada. Coloque numa fôrma (não é necessário untar), e põe para assar de acordo como indicado no pacotinho da massa.
Sirva quente e com o sorvete da sua preferência. omnomnom :)

Eu requeijão. Misturo até no miojo e fica ótimo! :D
Adaptei essa receita daqui.

Sabe aquele macarrão que sobrou do domingo e você não quer um molho vermelho e tá com preguiça de fazer algum outro tipo de molho mais elaborado, mas também não quer comer o macarrão só passado na manteiga e alho? Seus problemas “acabaram-se”! Esse molhinho de requeijão é muito fácil e deixa o macarrão delicioso, sem ficar enjoativo. Eu fiz uma porção individual, até porque, não saberia se ia dar certo e só eu ia comer, além de que, achei muuuita coisa um pote de requeijão. ;)

Ingredientes:

¹/2 colher de sopa de manteiga
2 ou 3 colheres de sopa de requeijão
1 dente de alho amassado
cebolinha ou salsinha picada
sal e pimenta

Modo de preparo:

Derreta a manteiga e frite o  alho. Acrescente o requeijão até se misturar por completo na manteiga. Salpique cebolinha ou salsinha à gosto e tempere com sal e pimenta. Cuidado para não queimar a manteiga, porque né, isso aconteceu comigo! hahaha


Obs. na foto parece que ele ficou seco, mas nããão, foi só misturar e nomnomnomnom!

Domingo de Páscoa foi dia de a família Nambara ir até em casa almoçar. Coisa rara, porque isso quase nunca acontece. Eu resolvi fazer uma sobremesa, então. O tão famosinho petit gateau que todo mundo conhece e que, durante uma época aí, era como se fosse os cupcakes de hoje. A receita que eu tenho foi um amigo que me deu, lá pelos os anos de 2005. Faz tempo, pensando bem. Mas ela é super fácil, rápida e dá pra matar a vontade. SIGAM-ME OS BONS:

Ingredientes:

– 6 ovos

– 200g de manteiga

– 1 barra de chocolate meio amargo (200g)

– 30g de farinha de trigo (sim, só 30g)

Modo de Preparo:

Derreta a barra de chocolate e a manteiga em banho maria. Agora PRESTENÇÃO, enquanto o chocolate derrete, bata na batedeira 3 ovos inteiros e 3 gemas (isso mesmo!). Após derretido, misture o chocolate e a farinha com os ovos e bata até ficar homogêneo. Unte forminhas pequenas com manteiga e farinha e deixe cozinhar em forno BEM QUENTE por +/- 7 minutos.

DICA: o bolinho tem que cozinhar nas bordas, se você olhar enquanto estiver no forno e perceber que as bordas estão firmes, mas o meio dele está molinho, este é o ponto certo para que fique “cru” no meio e saia todo aquele chocolate de dentro do bolinho.  Tem que comer quentinho e com sorvete, claro.

Rende 11 bolinhos (mas isso depende do tamanho da sua forminha). 

Hoje estava com vonts de comer um sanduíche. Mas nada desses muito normais, um que fosse ao forno. Lembrei do croque monsieur do qual sempre tive vontade de experimentar, entretanto, neste bairro onde resido, não há de muito fácil acesso alguns ingredientes como, por exemplo, o queijo gruyere. Resolvi adaptar com o que tinha a mão, e ficou bom. NA TELA:

Ingredientes:

– Pão de fôrma
– 4 ovos
– 1/2 pote de requeijão
– presunto
– queijo
– parmesão ralado

Modo de Fazer:

Primeiramente você faz um caldo misturando os ovos com o requeijão. Coloque as fatias de pão de fôrma em um refratário (que vá ao forno). Regue essas fatias com um pouco do caldo. Distribua o presunto e o queijo em cima do pão. Feche o sanduíche e regue com mais um pouco do caldo. Salpique queijo parmesão em cima e leve ao forno (em uma temperatura de 220º mais ou menos) e deixe até dourar. DICA: Não tenha medo de colocar muito caldo, vai na fé!

Rendeu 11 lanchinhos.

Matou minha fome e, provavelmente, minha vontade de experimentar croque monsieur. É fácil de fazer, quem sabe da próxima vez eu faça com os ingredientes certos.  Se quiser saber da receita verdadeira vai no blog do lindo Olivier Anquier. Bon Appétit :)

Outro dia estava morrendo de vontade de comer um chocolate. Já eram umas 23h e não havia chocolate em casa. Fui dormir, né, fazer o quê. Mas aí, minha irmã me ensinou uma receita infalível para aqueles dias que precisamos da serotonina estimulada, sabecomoé, né? HAHA

Ingredientes:

– Creme de leite

– Leite ninho

– Nescau

Modo de fazer:

Você coloca uma quantidade razoável de creme de leite num copinho, umas duas colheronas basta, acrescenta uma colher média de leite ninho, e uma colherona de nescau, mistura tudo feito uma louca, e manda ver, minha amiga!