arquivo

Fotografia

Eu não sou uma pessoa fã de gatos, sempre gostei mais de cachorro e nunca tive um bichano para cuidar. Acontece que no começo do ano, apareceu aqui em casa uma gatinha minúscula e assustada, que se enfiou dentro do fogão da minha tia. Depois desse dia não era raro encontrarmos com ela deitada em cima dos panos que ficavam na lavanderia. A partir de então, a Vila do Seu Jura passou a ter mais uma moradora.

Ela fica na casa das minhas priminhas, são elas que cuidam agora. No começo, eu ajudei com veterinário, vacina e castração. Hoje, a Francesca só fica comigo para posar pras fotos, hahaha.

A Francesca não fica na minha casa, porque a Enriqueta não deixa. As duas não se dão, e uma tem medo da outra. :/

As fotos foram feitas com a Pentax e estou encantada com o resultado. O filme foi um Pro Imagem 100 e quando eu vi que a bateria da câmera tinha acabado, eu achei que tinha errado toda a fotometria e não ia sair nada. Mas, pelo visto, eu já me acostumei com a câmera! :)

fran 85770003 85770004 85770006 fran185770008 85770010 85770012

Anúncios

Já era tarde da noite do domingo, quando peguei minha analógica para tentar acabar com o filme. Não terminei, haha. Peguei a digital e comecei a fazer um book da doidinha, haha. Ela não deu muita confiança, mas eu fiquei brincando mesmo assim.enriqueta_3

Eu sempre esquecia a data de aniversário dos meu cachorros, acho que porque eu era criança demais e não entendia a data de nascimento, com a data de quando a gente pegou, e que eles têm uma diferença de 8 anos da nossa idade. Era too much para minha cabecinha de criança que brincava com barbie, haha.

Mas bem, a gente cresce, não é? E eu não me esqueci do dia que pegamos a Enriqueta. Já contei aqui um pouquinho sobre isso, e hoje, quero contar um pouquinho mais.

enriquetalindajpg enriqueta_3 copy

Foi num sábado, 7 de Maio de 2011. Minha mãe resolveu que queria ir na feirinha da Jacú-Pêssego ver os cachorrinhos que eles tinham. Pois bem, fomos eu e ela. Vimos alguns, mas já na terceira “barraquinha”, vejo um projeto de filhote com uns laços GRUDADOS na orelhinha. Branca e marronzinha. Peguei e não soltei mais. Minha mãe estava desconfiada de que aquela cachorrinha tinha alguma coisa de errado, pois o homem insistia tanto “olha, tem uma moça que vai querer ela, se você não levar. Ela foi até ali pegar o dinheiro…..” AHAM CLAUDIA. É lógico que eu sabia que era mentira, mas eu não soltei aquela bichinha por nada nesse mundo. Minha mãe não acreditava, haha. Dizia “Natália, vamos ver as outras…” ao que respondia “vai lá ver, mãe…enquanto isso, eu fico aqui com ela”. Minha mãe viu as outras barraquinhas, mas nada adiantou, como vocês podem ver, haha.

enriqueta enriqueta_8

De lhasa apso, Enriqueta não tem nem o fucinho, haha, mas ela é linda, carinhosa (quando quer), e antissocial quase sempre. Hoje, essa doidinha, completa 2 anos, e é claro que eu sinto falta do bafinho de leite, haha. Mas fico feliz por ela ter crescido forte e saudável, apesar de desengonçada, haha.

Toda vez que me dá um ataque de fofura, eu agarro ela e agradeço por ela ter me escolhido. <3

enriqueta_4

Eu não sou muito fã dessas festas em buffets infantis, onde tem mil e uma brincadeiras e uma decoração meia boca. Sei lá, eu gosto dessa coisa mais caseira e uma festinha pequena. Hoje, o aniversário foi das gêmeas dessa família, e minha tia resolveu montar uma mesinha super caprichada. Queria ter tirado mais fotos para mostrar melhor, mas essas foram o que eu consegui hoje, haha. Estou num relacionamento meio complicado com a minha câmera fotográfica. :P

festa_8Lembrancinhas: palha italiana enfeitadas com tutu de bailarinas 

festa_6 festa_1O bolo maravilhoso de gostoso da tia Angela

festa_2 festa_4 festa_5 festa_3 festa_7 festa_10

Bonequinhas com os as letras dos nomes das duas que a irmã da minha tia fez. Um amor!! <3

festa_9

Para mim, nada mais gostoso e especial do que tudo feito com tanto carinho e amor. Eu queria ter a criatividade + coordenação + talento para fazer coisinhas lindas como essas! Enquanto ainda não adquiro tais habilidades, fico só nos registros fotográficos mesmo (e mesmo assim, ainda meio meia boca, hahaha).

fotorepetidas :P

Chácara_0001
Continuo indo a chácara mais do que o normal, hehe. Essas fotos são do fim de Janeiro, e eu as esqueci de postar, mas acho que ainda valem, não? Mercúrio retrógrado e meu inferno astral têm deixado bastante coisa acumular (e se atrasar também), mas espero que essa semana as coisas começam a se resolver e tudo volte ao normal, com disposição e tudo mais. :)

Chácara_0008

Chácara_0013

Chácara_0015

Chácara_0008

Chácara_0021

Chácara_0019

Chácara_0034

Chácara_0018

Faz muito tempo que eu não pego na câmera, e muito tempo também que eu não fotografo a minha melhor modelo! Vocês já conhecem a minha vira-lata, né? Ela é a minha estrela no Instagram, hahaha!

Enriqueta

A Enriqueta vai fazer 2 anos, e eu a comprei numa feira de cachorros aqui perto de casa. Sempre tivemos cachorros aqui em casa, um vira lata de poodle com cocker, uma pastora alemã preta, uma cocker (que morreu com meses), e a nossa última foi a Melzinha, uma cocker que era do meu irmão, mas aconteceu alguma complicação que até hoje não sabemos direito o que foi, e morreu em Janeiro de 2010, com 8 anos só :(. Mas aqui em casa não conseguimos ficar sem cachorro, e em 2011 eu e minha mãe fomos à uma feira que tem aqui perto, onde vende “cachorros de raça”. Nós queríamos um cachorro de raça porque a intenção era deixá-lo dentro de casa, então teríamos que ter certeza que o cachorro seria de porte pequeno. Compramos a Enriqueta como lhasa apso, vejam só, e ela virou essa vira lata mais linda que eu conheço. Eu não fico nem um pouco arrependida de ter gasto o meu dinheiro  comprando-a, apenas penso que “sim, eu poderia ter adotado”, mas ela já teve alguns problemas na vista, e as patinhas dela são curtas, e o corpo comprido, o que a leva a ter algum problema de coluna. Fico feliz de ter gasto o meu dinheiro comprando ela do cara que me vendeu, porque, de repente, se tivesse sido outra pessoa, poderia ter largado ela na rua, ou ter devolvido para o cara e ter pego o dinheiro de volta. Que fim ela teria nisso tudo, não é mesmo?

Enriqueta_3

Enriqueta2

Enriqueta_4Já viram uma cachorra japa? Hahahaha 

Enriqueta_5

Enriqueta3
Hoje, a Enriqueta é minha. Eu cuido, dou comida, e os gastos dela são todos meus. Minha mãe não se conforma de ela deitar na minha cama, haha, mas é tão gostoso! <3

Falam que os cachorros são parecidos com os donos, e acredito que ela seja uma réplica fiel da minha personalidade (além de, às vezes, ter o olhinho puxado, hahaha!).

Enriqueta_6