arquivo

Clube do Filme

Deu uma acumuladinha nos posts, mas seguem os filmes desses últimos meses:

The Spectacular Now

Quando eu vi o trailer achei que esse filme seria mais um daqueles para a listinha dos favoritos e bonitinhos, porém: não. Achei chato e entediante. O personagem principal não me cativou, e achei a namoradinha um pouco tonta demais. Eu quero ler o livro, quem sabe seja melhor.

spectacularnow

The Hunger Games: Catching Fire

Queria ter assistido no cinema, mas o preço do ingresso e as filas me desanimaram. Esperei uma qualidade boa, e quando isso aconteceu, meu querido Philip Seymour Hoffman se foi. Nossa, como eu fiquei triste aquele domingo. PSH é um dos meus atores favoritos, e quando soube que ele estaria na saga de Jogos Vorazes eu fiquei tão feliz e com a certeza de que os filmes seriam promissores. Para mim, se um filme tem PSH, eu já sei que é bom. Eu poderia ter gostado bem mais do filme se não fosse esse fato. Fiquei com um nó na garganta e uma tristezinha quase o filme todo, o que é ruim, porque eu não consegui aproveitar. Mas no geral, o filme é bem bom sim, se é tão bom quanto o livro, ainda é difícil de dizer, mas estou gostando do rumo que os filmes têm tomado.

catchingfire

About Time

Quando todo mundo estava assistindo e comentando sobre esse filme, eu não estava com muita vontade de ver. Sei lá o motivo, apenas besteira minha. Mas aí, quando eu assisti, entendi o motivo de tanta gente comentando. Aff maria, que filme lindinho. Eu amei demais e me apaixonei pelos personagens. Agora, eu tenho um ruivo na minha lista de atores que eu pegaria (por isso que eu não posso plastificar essa lista. Ross Geller me entenderia). A história do filme é curiosa, e achei até muito bem contada. Fiquei com algumas dúvidas, mas se tornaram irrelevante devido ao grau de fofura e amor que eu peguei por esse filme, haha. Infinitos corações, uma versão em Blu-Ray  na estante e Domhnall Gleeson na minha cama, por favor.

aboutimemuito amor por essa cena <333

Her

Estava louca assim como metade do planeta hipster para assistir a esse filme, porém: meh. Por incrível que pareça, eu não me identifiquei tanto assim com o Theodore, e meu Deus do céu, até somente com a voz a Scarlett consegue ser chatinha (hehe). Mas é um Spike Jonze e o cara manda demais, claro. O filme dá uma assustadinha, do tipo “que louco se apaixonar por um sistema operacional, que triste, que forever alonismo”, mas sabe, gente, tá difícil de encontrar pessoas que se interessem por você, que as conversas durem mais que 3 assuntos, que te mandem mensagens perguntando sobre o dia e etc. Talvez não seja tão louco se apaixonar por algo/alguém que te dê alguma atenção, né? (qqeutôfalando?)

her

Enough Said

Tinha para assistir no avião, mas como não tinha legenda (nem em inglês), marquei para ver em casa. Ah, é um filminho água com açúcar, nada demais, e é gostosinho para passar as horas, só. Gosto da Julia Louis-Dreyfus, e me lembrou um pouco da personagem de Old Christine, mas ela não está tão maluca quanto, haha.

enoughsaid

Blue Jasmine

Merecidíssimo Oscar para Cate Blanchett. O filme todo é só ela. Woody Allen acertou na sua protagonista e, por favor, faça mais um filme com ela. A história não achei muito interessante, e é mais aquele clichê de crises e existencialismo, mas gente, gente, GENTE. Assistam pela Cate Blanchett!!

bluejasmine

O Verão do Skylab

É um filme da Julie Delpy e eu pensei que não ia aguentar ver meia hora, pois já estaria com dor de cabeça com tanta gente falando ao mesmo tempo tudo junto e misturado. Mas não. O filme entrou para a minha lista dos favoritos e é uma delícia da assistir. Me lembrou de quando a minha família se reúne na chácara para alguma comemoração, hahaha.

skylab

Os Suspeitos

Eu estava com grandes expectativas para esse filme, mas eu achei uma bela de uma óh: bosta, hahaha! É um bom filme policial, não vou negar, não chega a ser muito previsível, e o Jake Gyllenhaal está fantástico, mas eu queria mais Paul Dano poxa vida, hahaha! #chati

ossuspeitos

Minha Vida Dava um Filme

Gosto da Kristen Wiig, acho ela uma atriz excêntrica e divertida de um jeito torto. O filme conta a história de Imogene, uma mulher que mora em NY e de repente se vê totalmente perdida na vida e tendo que se redescobrir num mundo no qual ela tentou fugir. Clichêzinho para um fim de tarde chuvoso, haha.

mvduf

Bling Ring

Achei chato. Não consegui nem terminar de ler o livro, mas não deixa de ser uma análise de comportamento interessante. Me dói no coração dizer que eu achei um filme da Sofia Coppola chato, mas né gente, não posso viver no fanatismo, hahaha.

blingring

Cinco Anos de Noivado

Emily Blunt e Jason Segel estão apaixonantes nesse filme. Como o título já diz, tem coisas que demoram para acontecer, mas se a gente ficar adiando e esperando a hora perfeita, é só perda de tempo! ;)

5adn

Estou Aqui

É um curta dirigido pelo Spike Jonze. É lindo e vale a pena assistir. Tem legendado no youtube! De nada! ;)

estouaqui

Quatro Amigas e Um Casamento 

Puta filme chato. Eu tava nessas de ver os filmes da Rebel Wilson, porque eu acho ela uma atriz assim como a Kristen Wiig: excêntrica e divertida de um jeito torto. Mas eu só terminei de ver o filme por questão de honra, haha. Na verdade, eu terminei de assistir porque estava passando na TV e estava bem na parte que eu tinha parado. Como não tinha nada para fazer, eu terminei de ver. Achei forçado, e me dá nervoso esses filmes que acontecem muitas coisas erradas porque as pessoas são inconsequentes e não pensam. As coisas vão dando errado, mas não de um jeito engraçado, apenas acontecem e “ops i did it again!”. Afffff…

4amigase1casamento

Gravidade

Estava ansiosa para assistir Gravidade desde que saiu o trailer. O Espaço sempre foi algo que me fascinou, e me fez lembrar da época que eu queria ser astrônoma. Ideia louca de criança. Não deu certo por motivos de: eu tinha muito medo das histórias de E.Ts. Hahaha. Assisti Gravidade no cinema, mas não foi em 3D e muito menos em Imax. Foi no cinema do Interlar mesmo, e sem ser sala stadium, hahaha. Levei  minha mãe junto, e achei que ela dormiria o filme inteiro, haha. Ela gostou tanto quanto eu, saímos do cinema sem ar, como disse a Lari no twitter: parece que ficamos sem respirar o filme inteiro. 

gravidade

O Som ao Redor

É o nosso filme brasileiro indicado ao Oscar. Assisti só para matar a curiosidade e ainda não entendi o motivo da indicação. Acho que não tive maturidade o suficiente para entendê-lo, hehehe. O filme é um caso de vingança, e retrata a classe média da zona sul de Recife. Como o nome diz, o som é algo muito evidente, diferentemente de Gravidade, o qual quase não há som nenhum, haha. O mais interessante, é que depois de assistir a esse filme, eu comecei a prestar mais atenção nos sons ao meu redor. Os latidos dos cachorros, os carros, o barulho das teclas enquanto eu digito esse texto, etc. É um bom filme sim, mas para mim, Elena é que deveria ter sido indicado, hunf.

osomaoredor

Jobs

Tava doida para ver por motivos de: Ashton Kutcher. Sim, sou fã e acho ele lindo demais. Embora depois do que ele fez com a Demi Moore tenha me desgostado um pouco, hahaha. Mas temos aí Kelso e Jackie novamente, se é que me entendem, haha. Anyway. O que eu achei de Jobs? Eu achava que ia contar mais sobre a história do Steve Jobs do que da Apple, sabe? Mas não. Fuén. Um pouco decepcionante, mas eu gosto tanto desse clima setentista que, pelo menos isso, salvou um pouquinho o filme!

jobs

Some Gilr(s)

Achei esse filme procurando mais coisas sobre a Jennifer Morrison no filmow. E, para a minha surpresa, tem o Adam Brody no elenco! Bom, é sobre um cara que está prestes a se casar, e viaja os EUA para encontrar as suas ex-namoradas, e pedir desculpas pelos erros que fez no passado, embora muitas vezes, achasse que não tinha errado, e etc. Um típico canalha. Eu fiquei com ódio do Adam Brody, para vocês entenderem, haha, no final do filme eu queria era dar um tapa na cara desse fdp, mas né, vamos com calma, galera. Hahaha

somegirls

Aqui no blog só tá tendo post desse jeito, né? Hehe… é que a vida anda tão ~agitada~ que só posts de filmes que salvam mesmo.

Vamos a lista de Agosto que ela é bem boa. Recomendo todos!

Elena

Elana é um documentário baseado na vida de Elena Andrade, irmã de Petra Costa, a diretora do filme. Eu sou a mais esperta das espertas porque assisti a esse filme no fim de um sábado qualquer, e desabei em lágrimas. O filme/documentário se tornou um dos meus favoritos, tanto pela história, quanto pela delicadeza, a fotografia, música, tudo! E a Petra, uma das minhas diretoras favoritas!

elena

Grande Gatsby 

Finalmente consegui um torrent (cofcof) para poder assistir ao Leo DiCaprio como o magnífico Gatsby. Já havia lido o livro há um tempo e ele é um dos meus favoritos. Quando eu vi o trailer do filme fiquei em êxtase, porque eu amo essa mistura de filme de época com algo contemporâneo. Por mais que as festas do Gatsby fossem glamourizadas demais, eu as achei fantástica! Vi que muita gente não gostou do filme por causa disso, mas óh, coraçãozinho na tela. <3

greatgatsby

As Sessões

Fiquei sabendo desse filme navegando pelo filmow. Eu gosto bastante de usar o filmow para conhecer filmes, ver a lista das outras pessoas e ir adicionando os que me interessa. É uma espécie de “locadora” online para mim, haha. Achei As Sessões um filme delicado que trata um tema que todos nós temos curiosidade (ah, vá me dizer que não?), e mostra como a vida sexual funciona (ou não) para um homem que sofre de paralisia. Helen Hunt tá inteirona, porém poderia pegar leve no botox (sdds Jamie).

assessões

Universidade Monstros

Melhor que Meu Malvado Favorito, hehehehe.

monstros

Depois de Lúcia

Olha, esse filme. Fiquei meio perturbada, apenas. Na sinopse diz que é sobre bullying no colégio, mas acho que história vai mais além disso. Nos tempos de blogueirinho de revista teen escrevendo sobre “mulher pra ficar e mulher pra namorar”, acho que o filme retrata muito bem a sociedade em que (ainda) vivemos e as escolhas da mulher (mesmo que ainda uma adolescente).

depoisdelucia

A Caça

É um filme que trata outro tema polêmico que é muito atual: a pedofilia. O personagem principal é extremamente cativante, e a história se desenrola num desespero silencioso.

acaça

Frances Ha

Ahoy, sexy! Ai, que sorte que eu tive de ver o trailer de Frances Ha bem na semana que ia estrear aqui em São Paulo! E, por incível que pareça, eu fui assistir no cinema, hehehe. Não frequentava o cinema, principalmente, o Reserva Culturan há uns bons 2 anos e que saudade bateu. Adoro lá! O filme tem NY, tem Paris, tem trilha sonora incrível e tem o Adam (aquele esquisitão de Girls), acho que não preciso falar mais nada.

francesha

Educação 

Eu sou apaixonada pela Carey Mulligan desde que eu assisti Never Let me Go.  Educação é um filme que retrata o “machismo” nos anos 60 numa pequena cidade da Inglaterra. O filme mostra como uma mulher deve ser criada para a sociedade: ou ela tem que estudar até entrar em uma boa faculdade e fazer um bom curso, ou ela tem que se casar, mesmo que com apenas 16 anos, largando escola e sonhos para trás. Em alguns momentos me senti como a Jenny, que não conhece nada do mundo até se aventurar com um rapaz mais velho e perceber que a vida pode acontecer se ela quiser. Assim como, a vida é muito mais que apenas meu quarto, e olha que eu já não sou mais uma adolescente, hahaha. #força #time

educação

Agosto foi bem bom, né? Já assistiram algum desses filmes? O que acharam? E também se quiserem deixar dicas de filmes nos comentários, não se acanhem, eu vou adorar! Hahaha

Julho  não foi o mês das férias, porque trabalho teve aos montes. SInto falta daquela época em que somente se estudava, e as férias se resumiam a internet durante a madrugada inteira conversando com um monte de gente. Mas, por incrível que pareça eu consegui algum ânimo para poder ler um livro e assistir alguns filmes, além de ter devorado as 6 temporadas de HIMYM no Netflix. Saudades dos 15 anos, mas os 25 até que não estão tão mal assim…

[Livro] As Virgens Suicidas

Eu assisti ao filme da Sofia Coppola quando estava na faculdade, ou antes disso. Adoro o filme, e esses dias, de madrugada, vi que estava passando no TC Cult, acho, mas não consegui assistir por motivos de: sono. Ganhei o livro de aniversário da minha tia, e fui ler só nesse mês. Li tudo numa tacada só. O livro é tão intenso quanto o filme, você fica tão próximo das Lisbon que se sente no mesmo ambiente que os meninos que narram a história. Achei tenso e bem triste também. Eu amo o filme por motivos de: Sofia Coppola e Kirsten Dunst, se você não gosta nem de uma, nem da outra, fica só no livro mesmo, haha.

tumblr_mqlhwsnpNB1qhacono1_500

Trance

Danny Boyle é um dos meus diretores favoritos. Trance é o seu novo filme, e quando eu tinha visto o trailer já não via a hora de assisti-lo. O filme é carregado de mistério, e quando você acha que já sabe de tudo BAM! não sabe de nada e volta tudo outra vez. Temos James McAvoy e Vincent Cassel no elenco, então, não preciso dizer muita coisa, né? Hahaha

186-TRANCE-PS (2).tif

Somos tão Jovens

Renato era chato, já dizia o velho meme da internet. Comecei a gostar de Legião Urbana ainda criança, quando a minha irmã morava com a gente e nas festas de casa minhas primas subiam pro nosso quarto para ouvir música. Nessas de ouvir música sempre ouviam Legião, e o CD duplo de capa verde intitulado Músicas para Acampamento, virou um ícone para mim. Conheço a história da banda e etc, mas não sabia que Renato era assim ~tão chato~, hahaha. Não sei muito bem o que dizer do filme, até quem é super fã de Legião disse que não gostou muito. De repente uma história sobre o Renato Russo seria mais interessante, ou não.

banda-filme-somos-tao-jovens1

Before Midnight

Baby, you are gonna miss that plane. E foi assim que descobrimos que Jesse, realmente, perdeu o avião. Eu amo os outros 2 filmes, amo os diálogos e toda essa lentidão da história. Amo tudo nessa trilogia e seria muito legal, mas legal mesmo se o Linklater fizesse algum outro filme com os dois já velhinhos para terminar essa obra quebrando a boca do balão, hahaha! Assim como em Before Sunset, nesse filme, eu senti as angústias da Celine, eu quis gritar com ela, quis sair várias vezes do quarto, quis deixar tudo pra lá. Acho ela incrível, desde o primeiro filme. E os dois combinam tanto, que oh, quero um romance desses pra mim, mas pode ser aqui em São Paulo mesmo, não tem problema, hahaha.

before-midnight-ethan-hawke-julie-delpy-11suspiro por essa foto

Elijah-Wood-2013é o Frodo, mas não é só o Frodo 

Dia desses estava assistindo ao Senhor dos Anéis – A Sociedade do Anel pela sei lá qual vez, e me veio a mente fazer um Top 5 filmes do Elijah Wood, porque eu, simplesmente, adoro esse ator desde que me conheço por gente.

Desde pequena eu era apaixonada pelos seus olhos azuis, e ele é o quê, 7 anos mais velho do que eu? Hahahaha Mas sim, acho que o Elijah Wood foi o meu primeiro crush cinematográfico. Lembro de quando eu era pré adolescente, até escrevi uma carta em inglês para ele e enviei por Correios. Não obtive nenhuma resposta! :(

Mas também lembro que morri de ciúmes quando descobri que ele tava de namoro com a Franka Potente, que só fez o filme da Run, Lola, Run, hahaha. Mas quando vi que ele tava de lance com a Leelee Sobieski com quem fez Impacto Profundo, meu coração pulou de alegria, hahahaha!

Acho Elijah Wood um ator (mirim) que conseguiu seguir a carreira sem cair naquela onda horrível de drogas, fama e etc, haha. Ainda há alguns filmes (e série) que ele fez que eu preciso assistir, mas segue aqui o meu TOP 5 dos seus filmes:

5. Day-o (1992)

Day-o – Um Amigo de Infância é o típico filme Sessão da Tarde. Acho que foi quando eu assisti esse filme que comecei a me apaixonar pelo Elijah Wood, ainda criança e cabelo tigelinha!

1095607830_f

4. As Aventuras de Huck Finn (1994)

Foi assistindo a esse filme que eu descobri esse clássico da literatura, hahaha.

3371895_gal

3. Impacto Profundo (1997)

Impacto Profundo foi uma daquelas produções de fim do mundo, igual Armageddon (que foi lançado um ano depois). Foi nesse filme que ele fez par com a Leelee Sobieski e, se você gosta de filmes de fim de mundo, você TEM que assistir. Elijah heroi!

deep_impact

2. O Anjo Malvado (1993)

Eu considero esse filme como um clássico do suspense, hahaha. Elijah Wood e Macaulay Culkin fazem os papeis principais. E, para quem não assistiu, apenas saiba que está perdendo um dos melhores suspenses dos anos 90!

72958_294134250663322_424712819_nmelhor foto

1. A Árvore dos Sonhos (1994)

Esse filme eu considero um dos melhores filmes do Elijah Wood e é um dos meus favoritos! É filminho Sessão da Tarde também, mas é tão lindo e tão tocante que eu fiquei louca atrás do DVD uma época. Não achava em lugar algum, e só encontrei uma VHS para vender no Mercado Livre e, ainda bem que não fiz a compra, hehe. Algum tempo depois, nas Lojas Americanas, após incansáveis buscas, eu encontro o DVD e quase choro de emoção. É um filme lindo e emocionante, com Kevin Costner novinho e um Elijah Wood pré adolescente.

war053

Faço aqui uma ressalva para alguns filmes como a trilogia do “Senhor dos Anéis” (claro) e “Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças“. Há vários filmes dele depois de grande, como “Uma Vida Iluminada“, “Hooligans“, “O Casamento do meu Ex” e uma história de “Paris, Te Amo“, mas os anos 90 (e Elijah) moram no meu coração, haha! <3

Eu sei que Maio ainda não acabou, mas eu tenho certeza de que não assistirei filme entre hoje e amanhã, portanto, acho que posso fazer a minha lista do mês. Bom, esse mês foi fraco. Não que Abril e os outros meses tenham sido ótimos, mas eu só assisti a 2 filmes. Um pouco triste, não? Sei lá o que acontece que eu não estou na vibe de filmes, saídas, livros e etc, principalmente agora que estou acordando às 6h. Adoro dizer que acordo às 6h, porque como eu tenho pais que acordam todos os dias às 4h, acordar às 6h me faz parecer menos vagabunda preguiçosa, hahahaha.

Os incríveis 2 filmes de Maio foram:

La Délicatesse
(A Delicadeza do Amor)

Eu demorei para ver esse filme, porque eu queria ler o livro antes. Porém, não resisti e, como já havia baixado há tempos, resolvi assistir.
Entrou para a minha lista dos favoritos. É um filme lindo e delicado (como o próprio nome já diz), e que me fez querer usar roupas chiques e bonitas para ir trabalhar, hahaha. Além de me fazer querer me dedicar mais ao trabalho (vai entender?). É um filme também que me trouxe alívio e calma. Ah, sabe-se lá o porquê, mas me trouxe essa sensação. Como disse alguém no filmow esse filme é como se fosse “uma lasanha de frango, depois de um dia inteiro de jejum.” Hahahahahahahaha

Não sei dizer se Audrey Tautou é uma das minhas atrizes favoritas, mas eu gosto dela, sabe? E o papel de Nathalie lhe caiu muito bem. Eu adorei! A história do filme é sobre uma mulher que é acometida por uma tragédia amorosa e bem, vocês podem imaginar o que acontece depois, hahaha. A foto que eu escolhi para ilustrar o post é de uma das passagens que eu achei mais incrível do filme, e é como eu me sinto em alguns momentos dançantes da minha vida, hahaha. <3

166039_10152848274170370_629699404_n

It’s Kind of a Funny Story
(Se Enlouquecer, Não Se Apaixone) 

Dia desses, eu estava de bobeira no Netflix e me deparei com esse filme (que acredito ter sido posto no catálogo recentemente), e cliquei no play.

É um filme bonitinho que conta sobre um adolescente de 16 anos que é considerado um “gênio”, mas sofre de depressão e tem tendências suicidas  Ele decide procurar ajuda por conta própria e quando se dá conta, está internado na ala psiquiátrica do hospital. Entretanto, como a ala dos adolescentes está em reforma, estes têm que ficar juntos com adultos que sofrem de esquizofrenia e outros distúrbios. Nisso, ele se torna amigo de Bobby (Zach Galifianakis) e se interessa por Noelle (Emma Roberts), e depois de todas as histórias que ele ouviu dos pacientes, e começa a se dar conta dos amigos que ele tem do lado de fora, e de tomar uma atitude em relação aos seus pais, ele começa a entender melhor sua vida, mesmo no curto período em que fica no hospital. No final, o filme dá aquela liçãozinha de “o que você está fazendo para melhorar a sua vida?”, “Você acha que está na pior mesmo?”, “Existe potencial em você, que você nem sabe”, e etc. Gostosinho de ver. :)

tumblr_mnlacg2bii1qcmfiro5_r1_1280
E
spero que Junho seja melhor, não que eu tenha grandes esperanças nisso, mas Great Gatsby estreia esse mês, né? Vamos ver…