#16 A tal da gratidão

Sinceramente, fico triste como muitas pessoas banalizaram a palavra gratidão nesses últimos tempos. E não estou dizendo daquelas que colocam como hashtag de foto do instagram, mas daquelas que, meio na brincadeira, acabam debochando de um gesto tão honesto. Mas, não quero gerar polêmicas aqui e, sim, falar sobre essa atitude.

Desde que me conheço por gente, aprendi que eu precisava agradecer antes de pedir alguma coisa. Nós temos a mania de sempre estar pedindo algo (seja para Deus ou para o Universo), e nunca agradecemos pelas conquistas, principalmente, aquelas diárias que significam tanto. Com isso, acabamos criando um bad karma (sim, eu acredito!), e é assim que a nossa vida vai ficando parada e nem sabemos o porquê.

Ser grata pelas coisas não é difícil, não dói e ainda te traz uma sensação muito boa. Aliás, ser grata pelas mínimas coisas que te acontecem, é o que faz a vida ter mais sentido. Sim, ser grata por conseguir respirar, por exemplo. Sei que é um gesto que não prestamos atenção, porque é automático, mas você já encheu o pulmão de ar? Às vezes eu esqueço de fazer isso. Nossas células precisam de oxigenação, e nada melhor do que respirar direito.

Todo dia, ao acordar, eu tento agradecer pela noite, e por mais um dia que começará. E, toda noite, eu tento agradecer pelo dia que eu tive, e a noite de sono que virá, e assim vou, até tornar isso um hábito que, de tão involuntário, acaba sendo automático assim como respirar.

Mas, Natália, não é exagero? Não, não é. Fazendo esse exercício todo dia, você vai sentir como a vida pode ser importante, como faz sentido, e como tudo se encaixa. Ter o que agradecer é uma benção, e dessas que a gente não pode esquecer!

Outro exercício que encontrei por aí (quem souber os créditos, por favor, me avisa), é se perguntar: “e se você acordar no dia seguinte com apenas as coisas que agradeceu hoje?”. Acho que teríamos muita coisa para agradecer, não é mesmo?! ;)

Deixo aqui um exercício de 30 dias de Gratidão que a Mari postou no twitter (ela tá fazendo lá mesmo), e acho que vou começar a fazer também! :)

banner-BEDA

Anúncios
6 comentários
  1. Amanda P. disse:

    Parei pra perceber que eu realmente deveria agradecer mais, isso realmente muda pequenas coisas que resultam em grandes coisas. Vou tentar (e preciso) fazer esse desafio, parece muito legal. Obrigada pelo incentivo. Beijos!

  2. soulua disse:

    Concondor plenamente, Natália, adorei seu texto, beijos!

  3. Achei uma boa ideia. Sei que a gratidão, assim como o perdão, é dos melhores remédios pras feridas da alma. Bjs boa sorte com o desafio!

  4. adonisdt disse:

    Que lindo este post! Adorei <3 Neste momento, sou grato por esse texto.

  5. Belíssimo texto. Lá por abril/maio convoquei alguns amigos no Facebook e fizemos um desafio de 21 dias de gratidão, onde toda noite tínhamos que listar pelo menos 3 coisas pelas quais nos sentimos gratos na vida ou no dia. Fiz lá e, em paralelo, escrevia também outra lista com mais 5 itens na minha agenda. Também andava aprendendo a meditar, e tava muito bom. Mas daí eu tive um breve desgraçamento da cabeça e parei. Teu texto me fez lembrar que é hora de voltar a praticar tudo isso. :) Grata demais. :)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: