arquivo

Arquivo mensal: outubro 2014

Se tem uma coisa que eu tenho pavor além de andar de avião, é ter um caminhão na minha frente enquanto eu dirijo numa estrada, principalmente se for a) caminhão-cegonha e b) caminhão que carrega aqueles troncos de madeira;

Sábado passado eu não me vi em nenhuma dessas situações, porém, foi algo bem parecido com aquela cena de Premonição, que acho que todo mundo deve conhecer. É lógico que eu estou aqui exagerando, afinal de contas, tô aqui contando sem grandes traumas, mas foi por pouco que o meu carro não foi atingido por isso:

pl730414-waterproof_o_rolo_de_filme_pl_stico_transparente_claro_do_espa_o_livre_do_animal_de_estima_o_de_0_1mm_para_toda_a_impressora_a_jacto_de_tinta

Sim, um rolo gigante de plástico que caiu de cima do caminhão que estava na minha frente na Marginal Tietê sentido Ayrton Senna. Por 1 segundo que esse troço não me atropela a 80km/h.

Sabe aquele feeling que você tem? Então. Quando eu vi aquela caminhonete entrar na pista que eu estava, pensei: “ih, é melhor sair de trás dela, porque ela vai me empacar”. No que eu estava indo para outra pista, esse treco caiu de cima da caminhonete e ficou rolando pista afora. A minha sorte é que fui para o lado contrário que esse rolo.

O motorista parou? Não. Eu peguei a placa para denunciar? Também não. Fiquei tão nervosa pensando que se eu tivesse continuado naquela faixa eu teria batido e provocado um grande acidente, que eu só queria sair de perto daquela caminhonete. Quando passamos por ela, minha mãe avisou que tinha caído alguma coisa, e o motorista fala “ah, não tem problema não!”. Boa, campeão!

Não vi no noticiário nenhuma notícia sobre algum acidente, mas pelo amor de Deus, né. Se for carregar alguma coisa, o mínimo de cuidado as pessoas têm que ter, até porque, não é sua vida que você está colocando em risco, mas de outras pessoas que nada têm a ver com a sua falta de cuidado.

Eu acredito em anjos da guarda, e o meu, eu sei que nunca falha. Amém! <3