Hoje acordei tentando ser positiva. Pensando no dia incrível que teria pela frente. Nas surpresas boas e que algo maravilhoso me aguarda. Li em algum lugar que a gente tem que pensar essas coisas, coisas boas, para atrair coisas boas.

No fim da tarde fomos roubados. Roubados na maior cara de pau. Meu pai, ingênuo, aceitou um cheque. Foram mais de 100 pacotes. E o cheque? Roubado. Sustado. Do ano passado. Como ele não percebeu isso? Sei lá, é meu pai, e ai de você se você se intrometer e negar uma venda. Porque pra gente é tudo “não, não e não”. Não culpo meu pai por essa perda. Se não fosse desse jeito, teria sido de outro, muito pior, talvez. Fomos roubados, mas não a mão armada. Não psicológicamente. Fomos roubados pela ingenuidade, mas estamos vivos, e é isso o que importa.

Mas me frustra essa situação toda. Acordar e tentar ficar de bom humor, emanar energia positiva para atrair mais energia positiva ainda. Tentar consertar os erros e sempre (sempre) contornar as situações em que as pessoas saem brigando, por motivos pífios, ou a mera vontade de não fazer nada. E daí, eu sou roubada. E esse sentimento de incapacidade misturado com tantos outros que doem o coração, que eu chego a ficar maluca e pensar o que estou fazendo de errado? Porque acertando na vida é que eu não estou.

Não tá fácil ficar de bom humor.

 

Anúncios
1 comentário
  1. Lya disse:

    Eu sinto muito, querida.
    Das poucas coisas que acredito, é na lei do que vai, volta.
    Nem devias culpar teu pai, ele acreditou em alguém, né?
    E essa gente vai se dar mal, uma hora ou outra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: