Alô 26!

E chegou o momento que me via morando sozinha, em um apartamento de janela grande no Centro de São Paulo. Solteira (porém namorando). Workaholic numa agência grande de publicidade, e cheia de festas para frequentar. Com amigos em casa o tempo inteiro, e essa vida de gente cool.

Aos 16 anos eu tive que responder “Como é que você se vê daqui a 10 anos” e, basicamente, essa foi a minha resposta.

E não, nada disso acontece, e não vejo a possibilidade de acontecer (tão cedo). Com certeza, não estou levando a vida que eu queria aos 16, mas as minhas escolhas têm me mostrado que eu estou indo para o caminho certo, e sendo mais autêntica a mim, do que a esse padrão criado pela sociedade.
Às vezes, bate a crise, me sinto loser, e essas coisas, mas quem não se sente, não é mesmo? Ninguém é 100% perfeito o tempo inteiro e etc.

Eu tenho feito as minhas conquistas, sejam elas diárias, sejam ao longo prazo. Podem não ser grandes, mas são o suficiente para mim. Achava que eu era madura aos 24, mas até que os 26 têm se mostrados diferentes, e eu tô gostando disso.

1921191_10153902215035370_630232354_o

Anúncios
4 comentários
  1. Ana disse:

    Sigo o teu blog e te sigo no twitter mas, falha nossa, não sabia que tu tinha 25 (26?)! Tu tem muita cara de menininha, guria! De qualquer forma, a crise e o ~sentir-se~ loser é uma constante na minha vida, mas espero que isso nunca mude porque acho que se eu não me sentisse tão loser, muita coisa que hoje eu gosto de fazer, eu não teria dado chance.

  2. Tany disse:

    A vida é cheia de surpresas. Dificilmente elas acontecem como imaginamos que iria acontecer, mas se está indo pelo caminho que você deseja já é uma sorte absurda. :)

    Parabéns e que teus anos só te deixem mais e mais feliz.

  3. O mais importante é que você segue sendo uma linda e super querida <3 é um alívio constatar que não precisamos investir num molde que agrade a sociedade. Tem todo aquele esquema lost in translation de se encontrar, aceitar, e aprender a viver bem com o seu eu verdadeiro. E acho que você faz isso muito bem :) Parabéns mais uma vez, Ná!

  4. Isadora disse:

    Acabei de escrever um post mais ou menos sobre isso; Mais sobre conquistas, menos sobre o que eu queria ser. Ao menos, era o que eu tava pensando. Daí eu me toquei que o texto era exatamente sobre o que eu queria-quero ser, e só quando eu me dei conta disso (e parei de pensar na parte dos ~outros da história), é que consegui dar um passo importante – e de janela grande no centro. O importante, Ná, é que eu sinto que a conquista foi minha, somente minha, por mais egoísta que isso seja. E saber que você tá no SEU caminho é o primeiro passo pra isso, eu acho. Ao menos foi pra mim.

    Se te deixa mais feliz, seu cabelo dos 26 é o mais lindo que eu já vi. Vou deixar o meu crescer de novo, torcendo pra ele chegar lá :)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: