Livro e filmes de Julho

Julho  não foi o mês das férias, porque trabalho teve aos montes. SInto falta daquela época em que somente se estudava, e as férias se resumiam a internet durante a madrugada inteira conversando com um monte de gente. Mas, por incrível que pareça eu consegui algum ânimo para poder ler um livro e assistir alguns filmes, além de ter devorado as 6 temporadas de HIMYM no Netflix. Saudades dos 15 anos, mas os 25 até que não estão tão mal assim…

[Livro] As Virgens Suicidas

Eu assisti ao filme da Sofia Coppola quando estava na faculdade, ou antes disso. Adoro o filme, e esses dias, de madrugada, vi que estava passando no TC Cult, acho, mas não consegui assistir por motivos de: sono. Ganhei o livro de aniversário da minha tia, e fui ler só nesse mês. Li tudo numa tacada só. O livro é tão intenso quanto o filme, você fica tão próximo das Lisbon que se sente no mesmo ambiente que os meninos que narram a história. Achei tenso e bem triste também. Eu amo o filme por motivos de: Sofia Coppola e Kirsten Dunst, se você não gosta nem de uma, nem da outra, fica só no livro mesmo, haha.

tumblr_mqlhwsnpNB1qhacono1_500

Trance

Danny Boyle é um dos meus diretores favoritos. Trance é o seu novo filme, e quando eu tinha visto o trailer já não via a hora de assisti-lo. O filme é carregado de mistério, e quando você acha que já sabe de tudo BAM! não sabe de nada e volta tudo outra vez. Temos James McAvoy e Vincent Cassel no elenco, então, não preciso dizer muita coisa, né? Hahaha

186-TRANCE-PS (2).tif

Somos tão Jovens

Renato era chato, já dizia o velho meme da internet. Comecei a gostar de Legião Urbana ainda criança, quando a minha irmã morava com a gente e nas festas de casa minhas primas subiam pro nosso quarto para ouvir música. Nessas de ouvir música sempre ouviam Legião, e o CD duplo de capa verde intitulado Músicas para Acampamento, virou um ícone para mim. Conheço a história da banda e etc, mas não sabia que Renato era assim ~tão chato~, hahaha. Não sei muito bem o que dizer do filme, até quem é super fã de Legião disse que não gostou muito. De repente uma história sobre o Renato Russo seria mais interessante, ou não.

banda-filme-somos-tao-jovens1

Before Midnight

Baby, you are gonna miss that plane. E foi assim que descobrimos que Jesse, realmente, perdeu o avião. Eu amo os outros 2 filmes, amo os diálogos e toda essa lentidão da história. Amo tudo nessa trilogia e seria muito legal, mas legal mesmo se o Linklater fizesse algum outro filme com os dois já velhinhos para terminar essa obra quebrando a boca do balão, hahaha! Assim como em Before Sunset, nesse filme, eu senti as angústias da Celine, eu quis gritar com ela, quis sair várias vezes do quarto, quis deixar tudo pra lá. Acho ela incrível, desde o primeiro filme. E os dois combinam tanto, que oh, quero um romance desses pra mim, mas pode ser aqui em São Paulo mesmo, não tem problema, hahaha.

before-midnight-ethan-hawke-julie-delpy-11suspiro por essa foto

Anúncios
3 comentários
  1. Eu preciso anotar os filmes que assisto pra quando “fechar o mês” fazer um post, que nem você tá fazendo. Se bem que graças à Netflix eu tenho andado meio viciada no assunto (de velharia então, nem se fala).

    Gostei muito de Antes da Meia-Noite, embora muita gente tenha “reclamado” das DRs infinitas. Mas gente, o que se espera de um relacionamento entre duas pessoas tão diferentes? Eu não teria feito diferente, acho que foi perfeito. E concordo que seria bacana vê-los alguns anos depois… será? De repente, um filme de memórias. Seria lindo! <3

  2. Nicas disse:

    Before Midnight! <333 Eu chorei TANTO no primeiro, mas TANTO! Um stop no filme foi necessário e eu fiquei frustadíssima no fim do segundo, eu praguejava no final, a sensação era essa que você falou, eu queria gritar! Agora tô aqui me preparando psicologicamente pra ver o último. :,)

  3. Aninha disse:

    Oi Natália! Pensei que eu era a única pessoa que gostasse dos filmes ‘Antes do Amanhecer’ e ‘Antes do pôr do sol’! Cheguei a comprar os DVDs e toda vez que eu emprestava pra alguém o filme era devolvido com uma reclamação de brinde tipo ‘nossa que tanto de diálogo eles não calavam a boca! Credu!’ hehehe pra mim é uma das mais lindas histórias de amor do cinema, com certeza! Quem não queria encontrar um Jesse, num trem, na Europa??!! Sim, me fez imaginar que isso poderia acontecer um dia, quem sabe!
    Não sabia que tinha feito o 3° e concordo com você, poderia ser dos dois velhinhos, relembrando tudo que acontecera desde que o Jesse perdera o avião ao som de ‘Just in time’!!!
    Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: