arquivo

Arquivo mensal: junho 2013

Elijah-Wood-2013é o Frodo, mas não é só o Frodo 

Dia desses estava assistindo ao Senhor dos Anéis – A Sociedade do Anel pela sei lá qual vez, e me veio a mente fazer um Top 5 filmes do Elijah Wood, porque eu, simplesmente, adoro esse ator desde que me conheço por gente.

Desde pequena eu era apaixonada pelos seus olhos azuis, e ele é o quê, 7 anos mais velho do que eu? Hahahaha Mas sim, acho que o Elijah Wood foi o meu primeiro crush cinematográfico. Lembro de quando eu era pré adolescente, até escrevi uma carta em inglês para ele e enviei por Correios. Não obtive nenhuma resposta! :(

Mas também lembro que morri de ciúmes quando descobri que ele tava de namoro com a Franka Potente, que só fez o filme da Run, Lola, Run, hahaha. Mas quando vi que ele tava de lance com a Leelee Sobieski com quem fez Impacto Profundo, meu coração pulou de alegria, hahahaha!

Acho Elijah Wood um ator (mirim) que conseguiu seguir a carreira sem cair naquela onda horrível de drogas, fama e etc, haha. Ainda há alguns filmes (e série) que ele fez que eu preciso assistir, mas segue aqui o meu TOP 5 dos seus filmes:

5. Day-o (1992)

Day-o – Um Amigo de Infância é o típico filme Sessão da Tarde. Acho que foi quando eu assisti esse filme que comecei a me apaixonar pelo Elijah Wood, ainda criança e cabelo tigelinha!

1095607830_f

4. As Aventuras de Huck Finn (1994)

Foi assistindo a esse filme que eu descobri esse clássico da literatura, hahaha.

3371895_gal

3. Impacto Profundo (1997)

Impacto Profundo foi uma daquelas produções de fim do mundo, igual Armageddon (que foi lançado um ano depois). Foi nesse filme que ele fez par com a Leelee Sobieski e, se você gosta de filmes de fim de mundo, você TEM que assistir. Elijah heroi!

deep_impact

2. O Anjo Malvado (1993)

Eu considero esse filme como um clássico do suspense, hahaha. Elijah Wood e Macaulay Culkin fazem os papeis principais. E, para quem não assistiu, apenas saiba que está perdendo um dos melhores suspenses dos anos 90!

72958_294134250663322_424712819_nmelhor foto

1. A Árvore dos Sonhos (1994)

Esse filme eu considero um dos melhores filmes do Elijah Wood e é um dos meus favoritos! É filminho Sessão da Tarde também, mas é tão lindo e tão tocante que eu fiquei louca atrás do DVD uma época. Não achava em lugar algum, e só encontrei uma VHS para vender no Mercado Livre e, ainda bem que não fiz a compra, hehe. Algum tempo depois, nas Lojas Americanas, após incansáveis buscas, eu encontro o DVD e quase choro de emoção. É um filme lindo e emocionante, com Kevin Costner novinho e um Elijah Wood pré adolescente.

war053

Faço aqui uma ressalva para alguns filmes como a trilogia do “Senhor dos Anéis” (claro) e “Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças“. Há vários filmes dele depois de grande, como “Uma Vida Iluminada“, “Hooligans“, “O Casamento do meu Ex” e uma história de “Paris, Te Amo“, mas os anos 90 (e Elijah) moram no meu coração, haha! <3

Se não fosse o quarto bagunçado, os livros espalhados, as lembranças numa caixa, as roupas apertadas e os sapatos nunca usados, não seria eu. Se não fossem os filmes que eu não vi, a sobremesa que eu fiz, a pipoca, o sorvete e o doce de leite, não seria eu. Se não fosse aquele dia, naquela manhã fria, gritando aos quatro ventos, o quanto eu te amo, não seria eu. Se não fosse aquela viagem à Buenos Aires, ou a descida a praia num dia de inverno, se não fosse o chilli, as piadas e aquele sentimento forte, não seria eu. Se o fato é que às vezes eu fico na minha, pedindo pra ficar sozinha, no meu quarto, ou num canto qualquer, apenas me deixa ser assim. Você pode até tentar me animar para sair de casa, mas não vou me sentir culpada, porque foram justamente essas saídas que me fizeram ser assim. Se não fosse o mar, e não fosse a cor, e aquela cura da insana dor, se não fosse a saudade das pessoas, e o choro esmagado por aquele passado, as noites mal dormidas, os sonhos esquecidos, as espinhas com nome e sobrenome, os cabelos bagunçados, as unhas mal pintadas, os amores perdidos, o coração partido, aquele cara que não deu em nada, as fotografias rasgadas, o grito no silêncio, a paranoia, a tristeza e a melancolia, que me acometem quase todo dia…

não seria eu.

Meme criado pela Analu, “Capitão Ganho”, inspirado na música linda da Clarice Falcão. Quem me indicou foi a fofíssima da Anna (amei! <33). Dessa vez, eu indico as meninas que me acompanharam no show da Clarice: Nicas, Carol e . Mas também adoraria ver a Lidy, a Tadsh e a Mari escreverem um. :)

Clarice