Heartbroken

Não estou conseguindo substituir o meu anel. Uso tantos outros para tentar, mas não me acostumo com nenhum. Eu acho que até sei o que aconteceu. Meu anel se sentiu traído. Depois de tantos anos juntos, comprei alguns outros em Buenos Aires, lindos, de pedras, coisas de perua, e acho que ele morreu de ciúmes. Desculpa, anel. Desculpa. Nenhum desses que comprei se compara a você. Eles podem ter pedras, serem coloridos, mas são de latão, e estão descascando, enquanto você, você era de prata e era meu, só meu, minha marca, meu anel das estações. Eu sinto sua falta, de verdade. Minha mão não é a mesma sem você, eu não te vejo e me sinto incompleta. Não sei para onde você foi. Se foi para dentro da barriga da Enriqueta, ou perdido em algum canto do meu quarto. Eu sinto sua falta. :(

(isso não é um metáfora para o amor, se bem que…)

Anúncios
2 comentários
  1. missnicas disse:

    Acho muito deselegante quando anéis, brincos e pulseiras resolverm se esconder pelo quarto.

  2. As vezes acho que eles fazem isso pra verem o quão importantes são pra gente. Teve um que me sacaneou bonito e se partiu ao meio. Ainda não consegui lidar bem com isso. Com esse término.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: