She’s running out again

Já dizia meu amigo Thom Yorke.

O coração continua apertadinho, sabe? Com uma angústia que eu sei que não vai passar tão cedo, sequer se vai, realmente, passar. Aprendi que terei que conviver com ela minha vida inteira, e não é uma questão de escolha, porque amar alguém não é escolher a dedo quem, só acontece. Tudo bem. Quando entendi todo o processo e como funciona essa relação, consegui ser mais leve e ter minha paz. Não vou lutar com coisas que não são pra ser, o meu desgaste já passou. Hoje, eu luto para que tudo fique bem, que minha paz consiga alcançar quem eu também quero bem, mesmo que longe, mesmo que nunca mais nos falemos de novo.

Não estou fugindo, abandonando, saindo de fininho, indo embora…acho que nunca farei isso, de fato. Estou aqui, como sempre estive, mas agora diferente. Escondidinho no fundinho do coração, o meu amor permanece lá, pronto para ser usado quando precisar. Mas é diferente, tenho que dizer. Diferente mesmo. Infelizmente, o meu amor não faz milagres, mas ele tá aqui para quando for preciso. O que é diferente agora, é que tenho outros amores, e tô aqui, pronta para usar todos eles independente de quem precisar.

Anúncios
1 comentário
  1. Gabi disse:

    Ás vezes, o espacinho no coração é bom para aconchegar alguém que também tem um espacinho para você. :) Lindo texto!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: