Sobre fotografia

 

Ontem eu tive minha primeira aula de fotografia na Panamericana. Ainda não tenho uma opinião formada sobre isso, até porque, a primeira aula foi só de apresentação, mas o que tenho a dizer é que estou com medo. Medo de falhar, de ser mediana, ou até insatisfatória (não para a escola, mas para mim mesma), de não conseguir me superar e ficar sempre no mais do mesmo. Sei lá. Agora é uma aula de verdade, pra botar pra quebrar, de fazer, errar e acertar, sem aquela coisa de Toshio ou Claudinei que os casperianos conhecem.

Tem gente que me parece ser muito boa lá na turma, e eu sinto que posso aprender muito com eles. Acho que estou com uma expectativa muito alta, e não devia ser assim, porque né, já quebrei a cara com a faculdade. Minha irmã está fazendo a aula junto comigo, somos sócias no nosso sonho que estamos construindo aos poucos, e por mais que eu tenha um lado um pouco mais fotojornalista (e nem tanto publicitário), o nosso projeto só me enche de mais sonhos e vontades. Talvez haja preconceitos em relação a fotografia de casamento e festas, mas sabe, eu acho extremamente lindo poder [insira o maior clichè fotográfico aqui] eternizar momentos [/insira o maior clichè fotográfico aqui] do que simplesmente fotografar para uma grife famosa, ou uma agência publicitária.

Mas além de tudo isso, posso unir duas paixões: fotografia + cinema, por que não? Sonhar alto pode, não custa nada e só está começando. VAI TIME! :D

 

 

Anúncios
1 comentário
  1. Não espere tanto de tudo, Natália.
    É provável que no começo você tenha que revisar o que já sabe, mas, a sua busca por conhecimento mostra que você está disposta a aprender, errar, aceitar e inovar. Acho que é isso que importa, sabe?
    Saber se reinventar sempre e criatividade borbulha em você! Eternizar momentos (é brega. clichê e lindo demais!) é mostrar a verdade que há entre as pessoas, é fazer parte da vida delas, é capturar o que é inatingível… o amor que há entre a relações humanas! E sério não tem como isso ser mais digno e honesto de se registrar. Tâmo juntas então, né?! Desejo sorte e que esse sonho cresça mais e mais. Eu entendo a sua sensação de medo pois estou passando por isso também (momento divã) só que estou dando as caras primeiro, pois esse ano não vai rolar formação na área… buáá´, mas, acredito que em breve dê pra fazer, depois que o bebê nascer, quem sabe. Vai dar certo, Ná. Eu acredito e aposto em nós, viu?!
    Bjo sua fofa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: