arquivo

Arquivo mensal: setembro 2010

O azul do céu, ou o verde das plantas, diz aí se as cores não te trazem um pouco de paz?

Fotos tiradas no caminho para Rio Claro.

Anúncios

Meus dedinhos coçavam para voltar a escrever, nem que fosse as minhas besteiras diárias, meus pensamentos bobos, e essa rotina meio torta, sem jeito e sem nenhuma emoção. Eu não me arrependo de ter deletado pra sempre o outro blog. Sabe quando algo faz mal? Pois é. Eu nunca fui de deletar blog. Os meus velhinhos estão aí, em algum lugar da internet, e vira e mexe, volto lá para ler a Natália nos seus 16 anos. Diários, quem não tem?

E agora estou aqui, com o Nambarices, e como eu disse  é uma extensão do Meninices (meu tumblr) que é um resumo de mim, em imagens e textos feitos pelos outros que achamos neste mundo, vasto mundo. E aqui, bem, vocês já sabem o que vão encontrar e espero que gostem.

Sejam bem vindos de volta! :)

Não muito desperta do sono, não muito atenta a realidade. Fui andando pela avenida a procura de alguém, algum rosto conhecido. Não encontrei, não seria fácil encontrar nessa cidade de milhões de pessoas andando para lá e para cá desenfreadamente.

O sol batia no meus olhos, me cegava. Talvez seja por isso que não tenha encontrado ninguém. Sim, foi por isso. Continuei andando, olhando a cada esquina, procurando a cada ponto de ônibus, mas não encontrei.

Tudo em vão.

Parei num café para tomar, pelo menos, um chocolate quente e me acalmar. Me acalmar do sol que me cegou, da vida que me trapaceou, do sonho o qual ainda não despertei.

Dei minhas voltas. Entrei no parque. Fugi da vida. Voltei pra casa com meu carro a 80km/h. Como assim tinha que ser.